Sobre o assunto do dia.
Dom Bertrand de Orleans e Bragança disse que “nunca aprovaria” o casamento de Harry com uma divorciada. Harry é o sexto na linha de sucessão do trono inglês. Dom Bertrand é o segundo na linha de sucessão do nada.
Gosto de Meghan Markle desde a estreia da série “Suits”, em 2011. Como uma mulher negra e divorciada pode fazer algo tão careta e sem imaginação quanto se casar com um príncipe?
Eduardo VIII, da Inglaterra, casou-se com uma americana duas vezes divorciada. O Príncipe Rainier, de Mônaco, se casou com uma atriz. Gustav, da Suécia, se casou com uma brasileira. Agora, Harry se casa com uma atriz divorciada e negra. Enquanto os monarcas europeus se modernizam, o Brasil continua no século XIX.
Casamento real: o maior inimigo do feminismo desde os anos 1910.

*Imagem: Divulgação Veja


Como alguns já sabem, sou pré-candidato a deputado federal pelo NOVO 30. A campanha eleitoral só começa dia 16/8, mas é possível contribuir desde já, clicando aqui:
https://doacaolegal.com.br/novo/ricardo-rangel

O partido não aceita dinheiro público, então a sua ajuda fará diferença.Toda contribuição é bem-vinda e não existe valor pequeno demais.
Compartilhem. Divulguem.

Hoje eu convido o Fernando Gabeira para um bate papo sobre política, cultura e sociedade, na Livraria Argumento do Leblon. O evento começa às 19h30, mas os portões abrem para o público às 18:30.

Informações:
Haverá um telão do lado de fora da loja para quem quiser assistir da calçada, com bancos e venda de bebidas. Além disso, também terá transmissão ao vivo tanto na página da livraria quanto por aqui.