Obrigatoriedade do voto

Volta e meia vejo alguém dizendo que deveria haver pré-requisitos para votar, como exigência de alfabetização, ou de ensino médio, ou conhecimentos políticos, ou o que seja.
A fonte desse tipo de argumentação costuma ser legítima — a frustração com a política, com a classe política etc. —, mas a argumentação está equivocada.
1. Somos todos iguais, e ser mais pobre ou mais ignorante do que outro não faz de ninguém pior, nem sua opinião menos importante. O princípio da igualdade é um dos fundamentos da democracia e da república (e do liberalismo, responsável pela existência dos dois em sua forma moderna).
2. É absurdo cobrar imposto de alguém sem dar em troca representação política: só ela justifica a tributação. Aliás, o princípio de que não se pode tributar quem não tem representação está na origem da Revolução liberal americana.
3. É evidente que todos que vão viver com as consequências dos atos dos governantes devem ter o direito de escolhê-los.
4. Seria uma crueldade absurda que o mesmo Estado que nega educação ao cidadão, proibisse o cidadão de votar por não ter educação.
5. Por fim, cabe lembrar que estudo não garante bons eleitores, basta ver o grau de apoio ao PT dentro da academia, a gente mais estudada do país.
Apesar dos petistas, o caminho para termos melhores eleitores passa por educação, mas também pelo fim do voto obrigatório e pelo voto distrital.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s